quarta-feira, 19 de maio de 2010

afinal,lutar contra isso até pode valer a pena

Não se tira um chupa chupa da boca de um miúdo. E os miúdos nem são exigentes. Gostam das coisas simples. Mas de pequenos, se não lhe damos um mimo todos os dias acham que já não gostamos deles. Não os podemos culpar, pois só mais crescidos, tomamos as coisas por garantidas. Como o principezinho cuidava da sua flor, se não partilharmos o nosso bolo com o puto, já não gostamos dele. E quando somos pequenos basta gostar do mesmo bolo para sermos amigos. Quando crescemos fechamos portas, ou deixamos de as abrir tão facilmente. Mas se for no jogo do esconde esconde, se for sempre o mesmo a ir à procura e o mesmo a esconder-se, o primeiro vai-se cansar, e o jogo deixa de ter piada. Para o que se esconde é sempre divertido. Se tomamos por garantido que a pessoa espera encontrarnos podemos ter uma surpresa e ela desistir de nos procurar. Mas para lutar contra isso, corremos o risco de tentar encontrar a que se esconde mas ela se ter ido embora.

terça-feira, 4 de maio de 2010

O dois (2) é o número natural que segue o um e precede o três. Dois é um bom número na cultura da China. Há um provérbio chinês que diz que "boas coisas vêm em pares".